Melhores do Ano: Alunos aprendem ao tomarem decisões no game, afirmou criador do Atari

Melhores do Ano: Alunos aprendem ao tomarem decisões no game, afirmou criador do Atari Foto: Kao Tokio/Drops de Jogos

Nollan Bushnell, criador do arcade Pong e do console Atari, esteve mais uma vez no Brasil.

Eterno defensor das qualidades e potencialidades do videogame como recurso educacional e transformador, o 'pai' da indústria de games falou rapidamente com o Drops de Jogos, durante a BGS 2017. Há três anos, o engenheiro criador de diversões eletrônicas já havia comentado que a gamificação na educação era uma "verdadeira tempestade".

Bushnell ficou indignado ao saber que, no Brasil, não faltam detratores da cultura de jogos e lamentou (assim como David Crane, que estava por perto, durante nossa entrevista) saber o quanto os jogos digitais ainda são vítimas do preconceito e desinformação no Brasil. Em um momento de descontração, após a entrevista, Bushnell não se conteve e exclamou, com muito bom humor: "Oh, I hate politicians! They are so fuc**** dumb!!!" (Nós concordamos!).

Leia abaixo o bate papo ligeiro com o sempre divertido Nolan Bushnell.

Drops de Jogos - No Brasil, políticos e autoridades afirmam que games não são Arte e Cultura. O que o senhor pode dizer a eles para mudar essa mentalidade?

Nolan Bushnell - Primeiro de tudo, eles estão desinformados. E eles não entendem que videogames e programas de computador estão profundamente vinculados. Não há bons programadores de sofware que não sejam, também, bons jogadores.

Os países que serão parte [importante] do próximo século usarão games em suas escolas, para ensinar em ritmo acelerado. A tecnologia dos jogos usada em escolas pode acelerar o aprendizado mais de dez vezes em relação a uma aula convencional. Fornece lições individuais, mantém as pessoas estimuladas, e o que [essas pesoas] deveriam estar fazendo, ao invés de falarem bobagens sobre os games, era fazer tudo o que pudessem para colocar os jogos e sistemas na escola. Minecraft é um dos melhores jogos educacionais já desenvolvido. Toda criança em idade escolar deveria jogar Minecraft ou acabará ficando fora do mundo digital.

Drops de Jogos - O que o senhor pode nos dizer sobre a educação com os games?

Nolan Bushnell - Os pesquisdores descobriram que [o conhecimento] ativo é muito mais poderoso do que o passivo. Isso significa que, toda vez que você clica no mouse, toda vez que você faz qualquer coisa no computador, este é um momento de aprendizado. Seu cérebro foi projetado para esquecer a informação passiva, de modo que, ao assistir a um vídeo ou assistir ao professor dando aula, tudo isso é passivo e não estmula o seu cérebro. Nosso cérebro foi planejado para descartar essas informações.
Mas, no momento em que o estudante precisa tomar uma decisão, como acontece nos videogames, como um bom software [o game] acaba pedindo por uma solução a cada três segundos, no dispositivo. É isso que é aprender. E aprender rápido.

Drops de Jogos - Obrigado, sr. Bushnell.

Confira abaixo a entrevista em vídeo.

Acompanhe Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.
Última modificação emQuinta, 28 Dezembro 2017 19:19
Kao Tokio

Kao Tokio é produtor cultural, pesquisador sobre Cultura de Games e repórter especial do Drops de Jogos.

Website.: www.playnbiz.com

Assine nossa Newsletter

Nome:
Email:

Log in

Cadastre-se