Cultura

Opinião: A saga Metal Gear Solid me mostrou que games são cultura de fato

No ano de 1999 eu tinha 10 anos. Colecionava VHS do espião britânico 007 e apreciava filmes de ação. Metal Gear Solid surgiu na minha vida, rodando no meu PlayStation, para mudar o que uma criança pensava sobre videogames. Só um jogo mexeu daquela forma comigo antes - e foi Pokémon para Game Boy e outros portáteis da Nintendo. Foram games que me ensinaram o valor de sair de casa para fazer amizades e disputar partidas via cabo link.

Leia Essa

Assine nossa Newsletter

Nome:
Email:

Log in

Cadastre-se