Melhores do Ano: Potiguar indie Games exibiu sua produção na BGS 2017

Os desenvolvedores do Rio Grande do Norte também fizeram bonito em 2017, exibindo a qualidade de suas produções durante a BGS 2017, em outubro desse ano, em São Paulo.

O Drops de Jogos conversou com Filipe Brizolara, da Expresso Game Studios, desenvolvedor do game de combate espacial Railgunners, que3 resgata os jogos clássicos de arcade do tipo shotter, e Renan Santos, do estúdio Demerara Games, que apresentou o interessante jogo Ressonance - The Lost Score, cuja participação exige que o jogador se manifeste musicalmente através de um microfone, para interagir no ambiente digital.

Os profissionais comentaram sobre a cena e a integração dos desenvolvedores no Rio Grande do Norte e falaram sobre as características de seus games.

Não é preciso dizer o quão difícil é, em um cenário adverso como o Brasil em crise de 2017, investir nos próprios sonhos e atravessar o país para participar da maior feira de games do país, mas é louvável a determinação desses jovens, que apresentam bons trabalhos e o desejo de vencer, rompendo distâncias e paradigmas do setor brasileiro de games.

O estúdio Black Ember, desenvolvedor do game Epiphany, era outro dos presentes ao evento. O grupo contou com a parceria do Sebrae, que viabilizou o estande na BGS e divulgação dos trabalhos.

Assista abaixo a entrevista com os desenvolvedorese conheça o trabalho dos indies potiguares, através do site da empreitada e na página do grupo, no Facebook.

Acompanhe Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.
Última modificação emDomingo, 31 Dezembro 2017 17:10
Kao Tokio

Kao Tokio é produtor cultural, pesquisador sobre Cultura de Games e repórter especial do Drops de Jogos.

Website.: www.playnbiz.com

Assine nossa Newsletter

Nome:
Email:

Log in

Cadastre-se