Sonic no SEGA Forever, uma resenha. Por Michelle Bertral

Sonic no SEGA Forever, uma resenha. Por Michelle Bertral Foto: Divulgação

Cresci com Sonic e não é mistério pra ninguém que ele é um jogo que mudou minha vida, ao lado de outros clássicos dos anos 90. A vinda do Sonic Classic pelo programa SEGA Forever, de graça, para iOS e Android encheu meu coração de nostalgia.

O aplicativo tem opções de saves em slots e é sim muito fiel ao game original. No entanto, alguns detalhes tornam a experiência menos cativante do que costumava ser.

Falta um controle!

O joystick do Mega Drive está na tela do seu smartphone. E isso é um enorme problema.

Correr com o Sonic, escapar de obstáculos e manter suas argolas pode ser uma enorme dor de cabeça. No controle do console físico, tudo era feito com mais precisão. No aplicativo gratuito, a experiência acaba sendo mais fraca.

Vai ser frequente o nervosismo e os erros, mesmo que você seja uma pessoa aficcionada pelo porco-espinho como eu.

A felicidade de ter um clássico em qualquer lugar

Se a falta de precisão dos controles e os lags no processamento de quadros frustam, a enorme felicidade é ter um clássico imortal dos videogames na palma da mão.

Com uma experiência inesquecível nas mãos, o que a Nintendo está esperando para tentar colocar seu verdadeiro Mario nos celulares?

Fica a pergunta.

Michelle Bertral é fotógrafa do Drops de Jogos e fã dos games dos anos 80 e 90. Parou oficialmente no PlayStation 2, mas extraoficialmente não perde uma oportunidade de conhecer os títulos mais recentes nas novas gerações.

Acompanhe Drops de Jogos no Facebook e no Twitter.
Clique aqui e assine nosso canal no YouTube

Última modificação emTerça, 13 Fevereiro 2018 15:01
Drops de Jogos

Site de games com pegada cultural, cobrindo a cena brasileira de jogos eletrônicos e o panorama internacional. É editado pelo jornalista Pedro Zambarda. Para envio de releases e contatos comerciais, mande email para dropsdejogos@gmail.com ou pedrozambarda@gmail.com.

Website.: www.dropsdejogos.com.br
Mais nesta categoria: « Celeste, uma resenha

Assine nossa Newsletter

Nome:
Email:

Log in

Cadastre-se